A clínica de Freud: Observações sobre um caso de neurose obsessiva

Freud tece comentários e realiza uma análise dos momentos em que atendeu um tenente do exército que sofria de pensamentos obsessivos que lhe atravessavam
Ivan Branco

Ivan Branco

Ivan Branco

Ivan Branco

Objetivo

Fazendo uma articulação com a contemporaneidade, o objetivo das aulas é resgatar concepções cruciais para a leitura clínica da neurose obsessiva para problematiza-las nos dias atuais. Para tanto, é imprescindível que a obra freudiana seja percorrida desde as primeiras articulações, tais quais a contextualização do caso, os extratos do caso clínico, da “causa precipitadora da doença” às considerações teóricas. “

Proposta

Esta exposição busca revisitar uma das maiores contribuições do pai da psicanálise para as concepções da prática clínica. Nesta obra, Freud tece comentários e realiza uma análise dos momentos em que atendeu um tenente do exército que sofria de pensamentos obsessivos que lhe atravessavam. Proibições obsessivas, fantasias, mecanismos de defesa, o complexo paterno e, principalmente, a dúvida, são temas trabalhados nesse texto que continuam a balizar a prática daqueles que tem a psicanálise como orientação clínica. As aulas serão divididas em dois encontros. No primeiro, as considerações acerca do caso e os extratos clínicos serão abordados. No segundo, as concepções e considerações teóricas da obra serão exploradas e darão a oportunidade de problematiza-las à luz da contemporaneidade.

Bibliografia

  • Homem dos ratos 1909 – Sigmund Freud
  • Totem e Tabu 1915 – Sigmund Freud
  • Estratégias da neurose obsessiva – Luiz Renato Gazzola
  • As 4+1 condições de análise – Antônio Quinet

Leitura complementar:

  • Dom Casmurro – Machado de Assis
  • Hamlet – Shakespeare
  • Os sofrimentos do jovem Werther – Goethe
  • Organon – Aristóteles
  • Fragmentos – Heráclito

R$79,00

Até 12x

INSCRIÇÃO

OFERTA VÁLIDA POR TEMPO LIMITADO