Atendimento psicanalítico online de crianças e adolescentes em tempos de pandemia

R$29,90

Especificações

Descrição

A pandemia da COVID-19 precipitou o que já vinha se evidenciando como característica da pós-modernidade: um mundo com relações horizontais, globalizado e profusamente digital. A impossibilidade de fazer encontros presenciais devido às restrições impostas pela quarentena, que seria de quinze dias, tornou-se infindável e, então, sobreveio a questão: como manter suspensas as sessões de pacientes justamente num tempo de tantas crises e angústias? E como disponibilizar sessões de análise online com crianças pequenas, entre 4 e 5 anos, com um outro desconhecido, o analista, materializado apenas através da tela do telefone ou do computador? Sem garantias e com poucas discussões a respeito desse tema, o que restou foi a aposta. Uma aposta no sentido de que se pudesse constituir a análise para além do consultório, dos desenhos, dos brinquedos, do brincar, para apostar numa criança como um sujeito que fala. Recentemente Antônio Quinet (2021) lançou um livro intitulado “Análise online na pandemia e depois” que trata deste novo cenário de possibilidades e que insiste que “não é o setting que define uma análise e sim a transferência e o ato analítico”. Portanto, a presença do analista, seja ela presencial ou virtual, e sua disposição à transferência é que possibilitam que o tratamento aconteça.